Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 29 de julho de 2016

Pensamentos talmúdicos

Amigos e amigas.
A empáfia talmúdica e suas consequências permeiam a vida da humanidade. A insistência doentia em fazer valer suas intenções, tradições, determinações, exclusivismo, supremacismo, supera todo e qualquer bom senso, bem querer, decência, respeito,...! Fraturam as nações e se infiltram nas fissuras, alargando-as com muita paciência e tenacidade até predominarem.

Já publiquei vários excertos do Talmud. Abaixo, apenas relembro alguns que mais chamam atenção pela contundente repulsa aos não-judeus, exortando a sua humilhação, enganação, submissão e todo tipo de imoralidades pelos "eleitos".
FAB29

Rabi Menachem
Rabi Menachen, Comentários para o quinto livro
O próprio Jeová no Céu estuda o Talmud, em pé, pelo tanto de respeito por esse livro.

Sinédrio 59a
Comunicar qualquer coisa a um Goy sobre nossas relações religiosas seria igual à morte de todos os judeus, pois se o Goyim souber o que ensinamos sobre eles, eles iriam nos matar abertamente.

Libbre David 37
Um judeu pode e deve fazer um juramento falso quando o Goyim pergunta se os nossos livros contêm qualquer coisa contra eles.

Zohar, Toldoth Noah 63b
Quando o Messias vier, todo judeu terá 2.800 escravos.

Tosefta, Tractate Erubin VIII
Quando um judeu tem um gentio nas suas garras, outro judeu pode ir para o mesmo gentio, emprestar-lhe dinheiro e, por sua vez, enganá-lo, de modo que o gentio seja arruinado. A propriedade de um gentio, de acordo com a nossa lei, não pertence a ninguém, e o primeiro judeu que passar tem pleno direito de aproveitá-la.

Um dos cânones talmúdicos
Zohar, Vayshlah 177b
Que a nação judaica é a única nação selecionada por Deus, enquanto todos os restantes são desprezíveis e detestáveis.

Que toda a propriedade de outras nações pertence à nação judaica, que, consequentemente, tem o direito de apoderar-se sem quaisquer escrúpulos. Um judeu ortodoxo não é obrigado a respeitar os princípios da moral para com as pessoas de outras tribos. Ele pode agir de forma contrária à moral, se rentável para si mesmo ou para os judeus em geral.

Um judeu pode roubar um Goy; ele pode enganá-lo ao longo de um projeto de lei, que não deve ser percebido por ele, caso contrário, o nome de Deus se tornaria desonrado.

Sinédrio 58b
Se um goy matou um goy ou um judeu, ele é responsável, mas se um judeu matou um goy, ele não é responsável.

Sinédrio 57a
[Tradução: Um judeu pode roubar um Goy, mas um Goy não pode roubar um judeu. Se um Goy assassina outro Goy ou um judeu, ele deve ser morto, mas um judeu não será incorrido na pena de morte por matar um não-judeu.]
Mate o Goyim por qualquer meio possível.

Choshen Ha'mishpat 425: 50
Todo aquele que derramar o sangue dos ímpios [não-judeus] é tão aceitável a Deus como Aquele que oferece um sacrifício a Deus.

Yalkut 245c
Extermínio dos cristãos é um sacrifício necessário.

Zohar, Shemoth
Tob shebbe goyyim harog - Mesmo o melhor dos Goyim [gentios] deve ser morto.

Zohar, Shemoth, Toldoth Noah, Lekh-Lekha
Jeová criou o não-judeu em forma humana para que o judeu não tenha de ser servido por animais. O não-judeu é, portanto, um animal em forma humana, e condenado a servir o judeu dia e noite.

Schulchan Oruch, Orach Chaim 14, 20, 32, 33, 39
Um judeu pode fazer com uma não-judia o que ele quiser fazer. Ele pode tratá-la como se trata um pedaço de carne.

Hadarine, 20, B; Schulchan Aruch, Choszen Hamiszpat 348
Um judeu pode violar, mas não se casar com uma moça não-judia.

Gad. Shas. 2: 2
Um menino-goy, depois de nove anos e um dia de idade, e uma menina, depois de três anos e um dia de idade, são considerados imundos.